Os mistérios que cercam a “fuga” de Weintraub; ouça no ‘Estadão Notícias’

Os mistérios que cercam a “fuga” de Weintraub; ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

24 de junho de 2020 | 06h00

Mesmo depois da sua exoneração, o ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, continua polemizando e dando dor de cabeça para o governo de Jair Bolsonaro. Com a promessa de ser indicado como representante do país no Banco Mundial, em Washington, o ex-ministro se antecipou e viajou aos Estados Unidos alegando que estava correndo riscos no Brasil. Essa viagem traz elementos nebulosos, já que Weintraub não havia sido exonerado e só poderia deixar o país mediante autorização. Além disso, há suspeita que ele tenha utilizado passaporte diplomático, já que os americanos proibiram a entrada de brasileiros durante a pandemia do coronavírus. E ainda: o ex-ministro responde dois inquéritos no Brasil, um sobre as injúrias a membros do STF e outro de racismo por postagens ofensivas aos chineses no twitter.

Afinal, Weitraub cometeu ilícitos ao sair do país? Qual o processo para ele ser aprovado no Banco Mundial? Na edição de hoje, conversamos sobre o assunto com o repórter do Estadão, Patrik Camporez, com a correspondente do Estadão em Washington, Beatriz Bulla e com a professora de direito internacional e comparado da USP, Maristela Basso.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.