Os significados da volta de Trump ao cenário político; ouça no ‘Estadão Notícias’

Os significados da volta de Trump ao cenário político; ouça no ‘Estadão Notícias’

Por Júnior Moreira Bordalo, especial para o Estado

30 de junho de 2021 | 00h10

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, realizou no último fim de semana seu primeiro grande evento público de campanha desde que deixou a Casa Branca após a vitória de Joe Biden, confirmada em 14 de dezembro de 2020. Para uma plateia de republicanos mais extremistas, o empresário reforçou que a luta será em derrotar republicanos no Congresso que se voltaram contra ele no final do seu mandato.

Banido das redes sociais após divulgar notícias falsas sobre a eleição e por incitar o ato que culminou na invasão do Capitólio em janeiro deste ano, o retorno de Trump ao palanque foi visto como uma forma de se manter em evidência.

Durante seu discurso de 90 minutos, o político voltou a afirmar que a “esquerda radical” pode acabar com o país, atacou a imprensa, os democratas, os imigrantes, defendeu os policiais e repetiu que a eleição, em que perdeu para Biden, foi fraudada. 

Parte dos apoiadores presentes no comício se negaram a responder se foram vacinados ou não contra a covid-19 e ainda alegaram que o questionamento feria seus próprios direitos civis, já que há a sigla HIPAA no País, referente à lei de proteção ao sigilo de informações de saúde. Inclusive, em seu discurso, Trump não fez menção reforçando a importância de se imunizar contra a doença.

No episódio de hoje, conversamos com a correspondente do Estadão nos Estados Unidos, Beatriz Bulla, que esteve no ato político do ex-presidente e entrevistou alguns dos presentes. Além disso, para entender o que essa volta do Trump pode significar para a política norte-americana daqui para a frente, falamos com o professor do Instituto de Relações Internacionais da USP Felipe Loureiro.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Ana Paula Niederauer, Jefferson Perleberg e Júnior Moreira Bordalo.

Montagem: Moacir Biasi

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.