Podcast: Alta do combustível inviabiliza transporte por app?

Podcast: Alta do combustível inviabiliza transporte por app?

Por Jefferson Perleberg

16 de março de 2022 | 00h10

O aumento no preço da gasolina vem impactando toda a população, mas especialmente os que trabalham dirigindo, os motoristas de aplicativos. Por conta disso, as principais empresas do país nesse segmento, como a Uber e a 99, resolveram reajustar suas tarifas.

A 99 explicou que o objetivo da nova política de preços é “anular” a nova escalada da gasolina. Por isso, a companhia reajustou em 5% o valor do km rodado no ganho dos motoristas de todo o país. Já a Uber elevou em 6,5% o valor das corridas pelo aplicativo. A empresa explicou que o aumento no valor do serviço para os usuários é temporário.

Desde que essa sucessão de aumentos no preço dos combustíveis começou, o usuário passou a enfrentar problemas em conseguir uma corrida. A recusa é explicada pelo valor dos trajetos. Os cancelamentos são provocados por conta dos altos custos que os motoristas dos aplicativos precisam arcar, o que os fazem priorizar corridas maiores.

No episódio do podcast desta quarta-feira, vamos falar sobre essa dificuldade enfrentada pelos motoristas de aplicativos com Eduardo Lima, presidente da Associação dos Motoristas de Aplicativos de São Paulo. E sobre esse mercado de trabalho, vamos conversar com o economista Daniel Duque, pesquisador associado do Ibre-FGV.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Ana Paula Niederauer

Montagem: Carlos Valério

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.