Podcast: As cartadas do governo para tentar frear a inflação

Podcast: As cartadas do governo para tentar frear a inflação

Por Jefferson Perleberg

11 de maio de 2022 | 00h10

O governo federal tenta de todas as formas frear a alta da inflação no País. No começo do mês, o mercado elevou pela 16ª semana consecutiva a previsão para a inflação deste ano, agora para 7,89%, segundo o Relatório Focus do Banco Central, mais que o dobro da meta prevista em 3,5%.

Para conter essa tendência de aumento, o governo pretende zerar a alíquota do Imposto de Importação de 11 produtos, entre eles, o aço. Segundo apurou o Estadão/Broadcast, o corte deve ser anunciado ainda esta semana e inclui produtos da cesta básica e da construção civil. Também neste dia, o governo pode anunciar uma nova redução geral de 10% na Tarifa Externa Comum do Mercosul, o que incidiria sobre quase todas as importações brasileiras.

Com essas medidas o governo quer tentar reduzir o custo de importação de vários itens, o que contribuiria para forçar os preços da indústria nacional para baixo.

A avaliação é que a redução do tributo para importados pode ser feita sem prejudicar a indústria nacional, já que decreto do presidente Jair Bolsonaro ampliou a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de 25% para 35%.

Porém, a redução do imposto de importação dos 11 itens tem que passar pela Câmara de Comércio Exterior, grupo que reúne representantes de vários ministérios, além da Presidência.

No episódio de hoje, 11, vamos conversar sobre as tentativas do governo em tentar frear o aumento da inflação, com a economista Karina Bugarin, autora de um dos capítulos do livro ” Reconstrução – o Brasil nos anos 20”:

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e  Ana Paula Niederauer

Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.