Podcast: Bolsonaro imerso em crises e os recuos no programa do PT

Gustavo Lopes Alves

24 de junho de 2022 | 00h10

Após o escândalo que culminou na prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, por suspeita de corrupção passiva, aliados do presidente Jair Bolsonaro começam a adotar estratégias para tentar desvincular o capitão das ações do ex-titular da pasta.

As ações vão desde isolar Ribeiro, e dizer que ele agiu sozinho junto com os pastores, até a de transformar a decisão do juiz em algo político, dizendo que este é “petista” por já ter obrigado Bolsonaro a usar máscara em eventos públicos durante a pandemia.

Mas esse é apenas um dos problemas enfrentados pelo presidente. A crise dos combustíveis fez com que o governo começasse a pensar em estratégias para não perder o apoio dos caminhoneiros. A solução seria a de um voucher no valor de até  1000 reais para a categoria.

Do outro lado, Lula e o PT vão avançando em suas ideias de olho nas eleições. O partido lançou seu programa de governo com alguns recuos, como a de derrubar a reforma trabalhista. Agora, a legenda fala em rever apenas alguns pontos da proposta.

Esses são os assuntos que guiam nossa conversa quinzenal do “Poder em Pauta” com os jornalistas que acompanham o dia a dia da política. Participam no episódio de hoje do ‘Estadão Notícias’, Beatriz Bulla, de São Paulo, e Felipe Frazão, diretamente da capital federal.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim

Produção/Edição: Jefferson Perleberg e Gabriela Forte.

Sonorização/Montagem: Moacir Biasi.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.