Podcast: Militares estão com Bolsonaro no front contra as urnas?

Podcast: Militares estão com Bolsonaro no front contra as urnas?

Por Jefferson Perleberg

05 de maio de 2022 | 00h10

Durante um evento no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro (PL) defendeu uma contagem de votos paralela pelos militares durante as eleições deste ano. O presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG) disse não ter cabimento levantar dúvidas sobre o processo eleitoral. E o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, afirmou que o processo eleitoral brasileiro é uma referência. 

No entanto, o clima entre o governo federal e o judiciário, principalmente o Tribunal Superior Eleitoral, está abalado novamente, e dessa vez envolve também as Forças Armadas. Após a fala de Jair Bolsonaro, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, afirmou que a Justiça Eleitoral não vai aceitar “intervenção” das Forças Armadas nas eleições.

Para apaziguar os ânimos, o ministro Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal, recebeu, nesta semana, o senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Congresso Nacional e do Senado. Fux também se encontrou com o ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira.

Além disso, as Forças Armadas enviaram 88 questionamentos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nos últimos oito meses sobre supostos riscos e fragilidades que, na visão dos militares, podem expor a vulnerabilidade do processo eleitoral. Em resposta, a Corte diz que já garantiu segurança do sistema eleitoral

No episódio do podcast, vamos conversar sobre a relação dos militares com a Justiça Eleitoral brasileira com o repórter do Estadão, Weslley Galzo. Para falar sobre os conflitos institucionais e as mudanças que podem acontecer até as eleições deste ano, convidamos o cientista político da consultoria Pulso Público, Vitor Oliveira.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim 

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e  Ana Paula Niederauer 

Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.