Podcast: O antes e depois da cultura na pandemia

Por Jefferson Perleberg

30 de dezembro de 2021 | 00h10

O segmento dos eventos culturais e do entretenimento foi um dos mais afetados pela pandemia. Apesar da crise no setor, aos poucos, essas atividades estão voltando à “normalidade” aqui no Brasil.

Essa retomada das atividades ainda é gradual, mas nem todos artistas e profissionais que trabalham no setor conseguiram voltar com segurança ou se reerguer do tombo causado pela pandemia.

No entanto, o aumento de casos do novo coronavírus no mundo, e as novas variantes, mais transmissíveis, já estão causando um novo impacto no setor. Grandes cidades brasileiras já cancelaram as festas de Réveillon por causa da Ômicron, e avaliam a realização do carnaval de rua em 2022.

Setores ligados aos eventos e serviços já se organizavam e viam nas datas uma perspectiva de ganhos e recomeço. Agora, com a incerteza, fica ainda mais difícil de se preparar.

Os números impressionantes da bilheteria do filme Homem Aranha, aqui no Brasil e no mundo, dão sinais de que a retomada pode ser vigorosa, ao menos no caso das salas de cinema.

No episódio do Estadão Notícias que antecede a virada de ano, vamos conversar sobre o ano da Cultura em 2021 e projetar a “temporada de premiações” com o editor do Caderno 2 do Estadão, Ubiratan Brasil.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Ana Paula Niederauer.

Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.