Podcast: O incentivo precoce do ‘voto útil’ e as eleições ‘desarmadas’

Podcast: O incentivo precoce do ‘voto útil’ e as eleições ‘desarmadas’

Por Gustavo Lopes

13 de maio de 2022 | 00h10

Em uma nova rodada de pesquisas realizada pela Genial/Quaest, o ex-presidente Lula (PT) mantém uma larga vantagem sobre Jair Bolsonaro (PL): 46% dos entrevistados dizem que vão votar no petista, enquanto 29% estão com o atual presidente. Mais do que isso, no cenário sem o candidato do PDT, Ciro Gomes, Lula venceria no primeiro turno.

Enquanto isso, a terceira via tenta sobreviver ao pleito de outubro. Os presidentes do PSDB, do MDB e do Cidadania deram uma sobrevida ao projeto de unificar os partidos em torno de um nome que irá liderar a chapa na disputa pelo Palácio do Planalto. Essa escolha será definida a partir da análise conjunta de pesquisas quantitativas e qualitativas de opinião encomendadas pelas legendas.

Do outro lado, Jair Bolsonaro (PL) continua seus ataques contra as urnas eletrônicas, e agora tem a companhia das Forças Armadas. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) , ministro Edson Fachin, disse nesta quinta-feira, que as eleições “dizem respeito à população civil”, e que quem trata do tema “são forças desarmadas”.

Esses são os assuntos que guiam nossa conversa quinzenal do “Poder em Pauta” com os jornalistas que acompanham o dia a dia da política. Participam no episódio de hoje do ‘Estadão Notícias’, Vera Rosa e Felipe Frazão, diretamente da capital federal.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Gustavo Lopes

Produção/Edição: Jefferson Perleberg e Ana Paula Niederauer

Sonorização/Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.