Podcast: Protestos no Cazaquistão e o avanço da Rússia na região

Podcast: Protestos no Cazaquistão e o avanço da Rússia na região

Por Jefferson Perleberg

12 de janeiro de 2022 | 00h10

Desde o começo de 2022, manifestações eclodiram no Cazaquistão, após o governo dobrar o preço do gás GLP e de outros combustíveis no primeiro dia do ano. O país é uma ex-república soviética localizada no leste europeu e atravessa um dos momentos mais turbulentos de sua história.

Os protestos também refletem as insatisfações da população com o governo. As pautas se ampliaram, como a mudança do regime político, a eleição direta dos governos locais, o fim das prisões arbitrárias e a redução da desigualdade.

O país tem uma parte da população de classe média e uma elite ultra rica, mas o grosso do povo enfrenta dificuldades financeiras. A média da remuneração dos trabalhadores é de menos de 3 mil reais, o sistema bancário passa por uma crise que piorou por uma alta taxa de inadimplência.

Na última sexta-feira, o presidente do país, Kassym Jomart Tokayev, autorizou as forças da segurança a abrirem fogo “sem aviso prévio” para pôr fim às manifestações. Dezenas de manifestantes e membros das forças de segurança já morreram nos confrontos.”Essa repressão é permanente, então é preciso contar com a ajuda de outros grupos que atentem para a grave violação dos direitos humanos no País”, afirma o professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília, Roberto Goulart Menezes.

Em meio a esses distúrbios, a Rússia enviou ao país uma “força de paz” que inclui mais de 2 mil militares de Armenia, Belarus, Quirguistão e Tadjiquistão, países que integram a Organização do Tratado de Segurança Coleta junto com o Cazaquistão.

Para analisar o quadro no Cazaquistão e na região, vamos conversar no episódio do Estadão Notícias desta quarta-feira, 12, com o professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília, Roberto Goulart Menezes.

Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Gustavo Lopes

Produção/Edição: Jefferson Perleberg e Gabriela Forte

Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.