As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Poder em Pauta: Posse de Fux, perdão às igrejas e reeleição; ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

11 de setembro de 2020 | 00h05

A edição desta sexta do ‘Estadão Notícias’ discute os principais assuntos que foram destaques na semana e que envolvem os três poderes da República: Executivo, Legislativo e Judiciário. Por isso, convidamos os setoristas que cobrem essas esferas de poder para trazer análises, informações e os bastidores. Os temas abordados nesta conversa são: a posse do ministro Luiz Fux na presidência do Supremo Tribunal Federal por 2 anos, e o que muda com sua chega ao posto mais alto do Judiciário. Além disso, a polêmica da semana sobre o perdão de 1 bilhão de reais para igrejas e templos religiosos. E ainda, o “mea culpa” de Fernando Henrique Cardoso, que considera a instituição da reeleição, feita em seu governo, um erro. Os bolsonaristas não gostaram da colocação.

Participam desta edição os repórteres do Estadão em Brasília Jussara Soares, que cobre o Executivo, Rafael Moraes Moura, que se dedica ao Judiciário, e Felipe Frazão, que faz a cobertura do Congresso Nacional.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: