Por filho, Bolsonaro deixa de lado combate à corrupção? Ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Por filho, Bolsonaro deixa de lado combate à corrupção? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

22 de agosto de 2019 | 06h00

A retórica de combate à corrupção, uma das marcas da ascensão de Jair Bolsonaro, começa a ficar seriamente manchada. Sob a alegação de que quem manda é ele, o presidente interferiu em três órgãos que, de alguma maneira, tem colocado a família Bolsonaro em focos de investigação. Assim se deu na Polícia Federal, com o anúncio da troca do superintendente do Rio, e na Receita Federal, também com substituições em postos de comando em áreas de influência de Bolsonaro – no Estado fluminense. O Coaf, estopim do escândalo que envolve o filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), também já mudou de nome e vinculação – agora dentro da estrutura do Banco Central e batizado de UIF (Unidade de Inteligência Financeira).

Afinal, Bolsonaro compromete a independência desses órgãos com o único intuito de proteger Flávio? Quais podem ser as consequências políticas?

O programa hoje analisa as diversas frentes desse tema com as participações do editor do Broadcast, Fernando Nakagawa, da repórter de Brasília, Adriana Fernandes, e do professor da FGV, Michael Mohallen.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Foto: RECEITA FEDERAL

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: