Por que a Covid-19 é tão agressiva em uns e assintomática em outros? O que diz a ciência? Ouça no ‘Estadão Notícias’

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Por que a Covid-19 é tão agressiva em uns e assintomática em outros? O que diz a ciência? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

22 de abril de 2020 | 06h00

Enquanto o mundo estuda o melhor jeito de se conter a propagação do novo coronavírus, pesquisadores tentam entender como a Covid-19 age nos mais diversos ambientes e dentro do corpo humano. Esses estudos podem ajudar na tomada de decisões sobre qual a melhor forma de combater esse inimigo invisível. Um desses grupos é coordenado pelo professor do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Paulo Saldiva, que tem a função de estudar a doença a partir das autópsias de vítimas do novo coronavírus.

Na edição de hoje, vamos conversar com o médico sobre o que já se sabe em relação a Covid-19 e se ela é mais mortal do que outros vírus, como o H1N1. No quadro “Fique em Casa”, Renata Cafardo entrevista Priscilla Cruz, do Todos pela Educação, sobre como está encarando o período de quarentena e autoisolamento.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: