Projeto liberal de Guedes naufragou? Ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Projeto liberal de Guedes naufragou? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

13 de agosto de 2020 | 00h05

Um dos pilares do governo Bolsonaro parece começar a desmoronar. O ministério da Economia, e seu titular, Paulo Guedes, são tidos como a joia da coroa do Executivo. Com um projeto liberal, a equipe da pasta prometia melhorar as finanças do Brasil, com reformas e privatizações. No entanto, o que se viu até agora foi muito pouco e, por causa disso, começou uma debandada do ministério. Até agora, foram sete nomes de confiança de Paulo Guedes que deixaram o governo. Alguns foram para iniciativa privada, outros ficaram decepcionados com a burocracia do estado brasileiro.

Afinal, Bolsonaro abandonou de vez o projeto liberal de Paulo Guedes? O ministro seria o próximo a deixar o cargo? Por que é tão difícil privatizar no Brasil? Na edição de hoje, conversamos sobre o assunto com o economista José Roberto Mendonça de Barros, ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: