Qual é o verdadeiro Bolsonaro: do primeiro ou segundo pronunciamento? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Qual é o verdadeiro Bolsonaro: do primeiro ou segundo pronunciamento? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

02 de abril de 2020 | 06h00

As negativas do presidente Bolsonaro sobre a gravidade da pandemia do coronavírus provocou uma certa ruptura com os poderes Legislativo, Judiciário e até parte do próprio Executivo. O tom de ameaça aos governadores que determinaram o isolamento social para combater a doença, e a defesa da flexibilização deste método de olho na economia, trouxe o isolamento do presidente. Jair Bolsonaro passou a reclamar que seus ministros não defendiam publicamente aquilo que ele pensava. O ruído ficou evidente após o Ministério da Saúde fazer recomendações diferentes daquelas defendidas por Bolsonaro. No seu último pronunciamento, o presidente tentou adotar a sensatez, mas continuou distorcendo a fala da OMS sobre isolamento social. Pressionado e isolado, Bolsonaro vai conseguir das as respostas que o Brasil precisa? O instinto de sobrevivência política falou mais alto ao mudar de o tom?

Na edição de hoje, analisamos o assunto num bate papo com o editor da “Coluna do Estadão”, Alberto Bombig, e com o cientista político da Tendências Consultoria, Rafael Cortez.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.