Quem ganha e quem perde com a reforma tributária? Ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quem ganha e quem perde com a reforma tributária? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

23 de julho de 2020 | 00h05

Nesta semana, o ministro da Economia Paulo Guedes entregou no Congresso Nacional a primeira parte da proposta do governo para reforma tributária. O texto traz a criação de um imposto único federal, que juntará o PIS e a Cofins, com alíquota de 12%. Mas, esse ponto já está gerando críticas, principalmente do setor de serviços, que hoje paga uma alíquota menor desses impostos. Além disso, bancos foram contemplados com um percentual de apenas 5,8%. Temas mais complexos, como a inclusão de tributos estaduais nesse imposto único, mudanças no Imposto de Renda e alteração da carga tributária devem ficar para uma segunda fase.

Afinal, o novo imposto é prejudicial para as pequenas e médias empresas? Como fica o consumidor final nessa história? Na edição de hoje, conversamos sobre o assunto com a repórter do Estadão, em Brasília, Adriana Fernandes, e com o doutor em direito tributário, e livre-docente pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, Fernando Aurelio Zilveti.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: