Ronaldinho Gaúcho: da glória no futebol às páginas policiais; ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ronaldinho Gaúcho: da glória no futebol às páginas policiais; ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

12 de março de 2020 | 06h00

Um dos melhores jogadores do mundo está atrás das grades no Paraguai pelo uso de documentação falsa ao entrar no país. No entanto, o caso pode ser mais espinhoso do que parece. Em um primeiro momento, a impressão é de que Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Assis foram vítimas de empresários que teriam presenteado os dois com o passaporte. Mas, no desenrolar dos fatos, e pelas investigações do Ministério Público, existe a suspeita que o ex-jogador estaria envolvido em um esquema ilícito dentro do país. Os procuradores paraguaios tem 6 meses para provar a culpa de Ronaldinho Gaúcho e Assis. Mas, o mistério ainda continua. Quais as reais intenções dos irmãos? Como um jogador, que já foi o melhor do mundo, acaba atrás das grades de uma prisão paraguaia?

Na edição de hoje, conversamos com o enviado do Estadão ao Paraguai, Raphael Ramos, que conta, inclusive, como é a cela do ex-jogador. Ainda no programa, o editor de Esportes do Estadão, Robson Morelli, analisa o declínio do ex-melhor do mundo.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.