“Siga o dinheiro”: Repórter relata como propina da Odebrecht era paga; ouça no podcast
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

“Siga o dinheiro”: Repórter relata como propina da Odebrecht era paga; ouça no podcast

Emanuel Bomfim

15 Janeiro 2019 | 06h00

Esquema montado pela Odebrecht para pagamento de recursos ilícitos a políticos e agente públicos envolvia policiais militares. Contratados por uma transportadora de valores, eles ajudaram a distribuir mais de R$ 37 milhões em SP e mais de R$ 81 milhões no Rio, entre 2011 e 2014.

Esses PMs se tornaram testemunhas chave na elucidação de crimes descobertos pela Operação Lava Jato e depois detalhados a partir de delações de Marcelo Odebrecht e do doleiro Álvaro Novis. Quem conta em detalhes como funcionava toda a sofisticada operação é o repórter Fabio Leite, convidado do episódio de hoje.

 

Programa ainda aborda o caso Battisti e traz a repercussão de como os italianos receberam a prisão dele.

 

Confira também a coluna “Direto ao Assunto”, com os comentário de José Nêumanne Pinto.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

 

(Werther Santana/Estadão)