Vacinas aprovadas: e agora? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Vacinas aprovadas: e agora? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

18 de janeiro de 2021 | 00h10

O Brasil teve suas duas primeiras vacinas contra a covid-19 autorizadas pela Anvisa, neste domingo. Com isso, o país já pode começar a sua campanha de imunização. Aliás, a vacinação já começou.

Na corrida política em ser o primeiro a aplicar o imunizante, o governador de São Paulo, João Doria, saiu na frente. A primeira pessoa no Brasil a receber a dose da Coronavac, do Butantã, foi a enfermeira do Instituto Emílio Ribas, Mônica Calazans.

A outra vacina aprovada foi a de Oxford, desenvolvida em parceria com o laboratório AstraZeneca.  No Brasil, será produzida pela Fiocruz. No entanto, ainda não há um prazo para o instituto receber os insumos da Índia para começar a produção.

Com as vacinas aprovadas, a pergunta que fica é se o Brasil está preparado para colocar o Programa Nacional de Imunização em prática o mais rápido possível.

No episódio de hoje, conversamos com a repórter de ‘Saúde’ do Estadão, Fabiana Cambricoli, que fala sobre o processo de autorização da Anvisa e quais serão os próximos passos – na produção, distribuição e autorização de novos lotes. Ouvimos também  a dra. Melissa Palmieri, médica especialista em vigilância em saúde, diretora da regional São Paulo da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm). E a repórter da ‘Coluna do Estadão’, Marianna Holanda, traz os bastidores da escolha e desenvolvimento da campanha publicitária que deve acompanhar a imunização.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência. 

Apresentação: Emanuel Bomfim

Produção/Edição: Gustavo Lopes e Bárbara Rubira

Sonorização/Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.