As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Após fazer pouso de emergência, helicóptero é cercado por jacarés

Bombeiros são acionados para resgate no Bosque da Barra, no Rio, conhecido pela presença dos répteis; piloto e aluno saem ilesos

Redação

10 Março 2015 | 12h28

Sobreviver ilesos a um pouso de emergência não bastou para os dois tripulantes de um helicóptero modelo Robinson R22 na manhã desta terça-feira (10) na Barra da Tijuca, na zona oeste da capital fluminense. Ele precisaram esperar que  viessem resgatá-los de um pântano onde o aparelho, depois de pousar por problemas que não foram divulgados, foi cercado por jacarés que infestam o local, na zona urbana do Rio.

Bombeiros do quartel da Barra da Tijuca foram chamados. Precisaram isolar a área e espantar os animais para liberar os dois homens, que ficaram ilhados na aeronave. O bosque é conhecido na cidade pela recorrente presença dos répteis.

Identificados apenas como  Gustavo R., de 33 anos (instrutor), e João Ricardo T. , de 28 anos (aluno)  os ocupantes foram retirados sem ferimentos e dispensaram atendimento médico. A operação de resgate durou uma hora, informaram os bombeiros. Os dois participavam de um voo de instrução, operado pela Nacional Escola de Pilotagem, que fica também em Jacarepaguá.

De acordo com a Infraero, o helicóptero decolou às 8h15 do Aeroporto de Jacarepaguá, na zona oeste do Rio, e retornaria para o mesmo local.

Mais conteúdo sobre:

Bosque da Barrahelicópterojacarés