Em teste, trem do VLT anda 4 quilômetros pela zona portuária
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em teste, trem do VLT anda 4 quilômetros pela zona portuária

Composição amanheceu estacionada na Praça Mauá nesta sexta-feira. Operação comercial está prevista para começar ano que vem

Redação

16 Outubro 2015 | 17h04

Um trem do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) foi testado pela primeira vez na zona portuária carioca em um trecho de quatro quilômetros, do Santo Cristo até a Praça Mauá, na noite desta quinta-feira, 15. A composição utilizada amanheceu nesta sexta-feira, 16, na Praça Mauá, provocando curiosidade entre os pedestres.

Testado previamente na França, o trem estava posicionado desde julho de 2015 na Rua General Luís Mendes de Morais, em frente ao Terminal Rodoviário Padre Henrique Otte, no Santo Cristo. Na noite de ontem, atravessou a Via Binário do Porto, o Túnel Nina Rabha e a Avenida Rodrigues Alves até chegar à Praça Mauá, a uma velocidade de 5km/h.

Até o final de 2015, Rio já terá recebido cinco trens franceses, diz concessionária (FABIO MOTTA/ESTADÃO)

Até o final de 2015, Rio já terá recebido cinco trens franceses, diz concessionária (FABIO MOTTA/ESTADÃO)

De acordo com o consórcio responsável pela obra, a operação comercial do VLT, que deverá circular entre o Aeroporto Santos Dumont e a Rodoviária Novo Rio, começará no primeiro semestre de 2016.  Cada veículo tem 3,82 metros de altura, 44 metros de comprimento por 2,65 metros de largura, com capacidade para 420 passageiros.

VLT passa por testes e trem amanhece na Praça Mauá (FABIO MOTTA/ESTADÃO)

VLT passa por testes e trem amanhece na Praça Mauá (FABIO MOTTA/ESTADÃO)

Até o fim do ano, o Rio receberá cinco trens do VLT, fabricados na França. Ao longo de 2016, serão entregues outros 27 carros em produção no Brasil, por meio de acordo de transferência tecnológica.

Mais conteúdo sobre:

Jogos OlímpicosPraça MauáVLT