Espadas militares são apreendidas com colecionador de Niterói
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Espadas militares são apreendidas com colecionador de Niterói

Nove peças, entre espadas e espadins, foram localizadas pela polícia após denúncia. Uma delas foi roubada de museu em Sergipe

Fabio Grellet

07 Maio 2015 | 18h25

Sete espadas militares, cinco delas do período imperial, e dois espadins (espadas em tamanho menor que são entregues como símbolo a aspirantes a oficial das Forças Armadas) foram apreendidos nesta quinta-feira (7) na casa de um colecionador no bairro de Santa Rosa, em Niterói (Região Metropolitana do Rio).

espadas

As nove peças apreendidas com colecionador em Niterói (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A apreensão foi feita por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) do Rio de Janeiro, com apoio da Assessoria de Inteligência Policial (Assinpol). Os agentes tentavam localizar uma espada do século XIX roubada em dezembro de 2014 do Museu Histórico de Sergipe, no município sergipano de São Cristóvão.
A Assinpol recebeu da Polícia Civil de Sergipe informações sobre a possível localização da peça e começou a investigação junto com a DRF.
Nesta quinta, agentes foram até a casa do suspeito e encontraram as espadas e espadins. Segundo o delegado Márcio Braga, titular da DRF, o colecionador alegou ter comprado as peças pela internet. Ele foi autuado por receptação culposa.
A espada roubada será devolvida ao Museu de Sergipe, e as outras peças foram encaminhadas para perícia do Instituto Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Mais conteúdo sobre:

colecionadorespadassergipe