Estações de Metrô do Rio ganham 800 vagas para bicicletas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Estações de Metrô do Rio ganham 800 vagas para bicicletas

Objetivo é facilitar a integração das bikes ao transporte coletivo; número de vagas foi definido a partir de estudo feito por ONG

Redação

15 Maio 2015 | 12h30

O Metrô do Rio vai ganhar 800 vagas em 400 bicicletários, para facilitar a integração das bicicletas com o transporte público. A iniciativa é da Secretaria de Transportes do Estado, em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente do Rio e a MetrôRio, concessionária privada que opera o sistema metroviário.

O programa começou pela Estação General Osório, em Ipanema, na zona sul do Rio. Ela ganhou 20 vagas na saída pela praça do mesmo nome, dez na rua Jangadeiros e outras 70 no acesso pela rua Barão da Torre. Para esta semana, estava prevista a instalação de bicicletários em estações da zona norte. Serão 20 em Vicente de Carvalho, 20 em Irajá, 25 em Colégio e outros 12 em Coelho Neto. Cada estrutura comporta duas bicicletas.

bike

A estação General Osório ganhou o primeiro bicicletário do Metrô do Rio (Foto: Divulgação)

O número de vagas foi fixado após estudo feito em conjunto com a ONG Transporte Ativo. Ele mapeou as estações de Metrô que registram maior movimento de ciclistas. As próximas estações a receber bicicletários serão São Cristóvão, Maracanã, Triagem e Uruguai, na Zona Norte da cidade.