Faltou futebol nas semifinais do Campeonato Carioca
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Faltou futebol nas semifinais do Campeonato Carioca

Fluminense x Botafogo e Vasco x Flamengo tiveram público e qualidade técnica abaixo do esperado para uma fase decisiva

Marcio Dolzan

13 de abril de 2015 | 15h46

O torcedor carioca tem predileção em fazer referência aos quatro grandes times da capital pelo aumentativo. O time do cara raramente é o Botafogo, o Flamengo, o Fluminense ou o Vasco. Em geral é o Fogão, o Mengão, o Fluzão ou o Vascão. Todo mundo felizão!

Pena que os aumentativos não venham refletindo o que acontece nos jogos.

As duas primeiras partidas da semifinal do Carioca demonstram isso, a começar pelas arquibancadas. No sábado, menos de 15 mil pessoas pagaram para ver o Fluminense fazer 2 a 1 no Botafogo. Um dia depois, pouco mais de 21 mil pagantes assistiram ao empate sem gols entre Vasco e Flamengo, clássico que é chamado “dos milhões”. Somado, o público que se dispôs a gastar dinheiro para assistir às duas partidas ocuparia meio Maracanã.

E era semifinal de campeonato!

Fred marcou duas vezes e chegou a 301 gols na carreira (Foto: Wilton Junior/Estadão)

Fred marcou duas vezes e chegou a 301 gols na carreira (Foto: Wilton Junior/Estadão)

Dentro de campo, pouco “ão” também. Fluminense e Botafogo até que fizeram uma partida movimentada, com o Fred batendo duas marcas individuais importantes – ultrapassou os 300 gols na carreira e se tornou o sexto maior artilheiro da história do Fluminense. Mas foi um confronto de poucas jogadas bonitas ou lances claros de gol.

Agora, confronto mesmo, no sentido mais literal da palavra, foi o que fizeram Vasco e Flamengo no domingo. O clássico se notabilizou muito mais pelas jogadas ríspidas e pelos dez cartões amarelos do que pela bola rolando. Teve pé no rosto, chute na canela e empurrão pelas costas. Só não teve gol e cartão vermelho.

Vasco x Flamengo fizeram uma partida ruim e cheia de jogadas ríspidas (Foto: Wilton Junior/Estadão)

Vasco x Flamengo se notabilizou pelas jogadas ríspidas (Foto: Wilton Junior/Estadão)

A boa notícia é que os resultados das duas partidas deixaram as semifinais ainda em aberto. Assim, Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco terão que jogar mais se quiserem merecer o “ão”… da decisão. Porque o do aumentativo carinhoso vai de cada um.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: