Imagens da Semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Imagens da Semana

Gabriel Sayão

22 de fevereiro de 2016 | 22h46

Moto

Moto passa pelo cais do Porto do Rio de Janeiro lançando inseticida para combater o mosquito Aedes aegypti. O ministro Helder Barbalho, da Secretaria de Portos, realizou uma vistoria no porto do Rio de Janeiro para combater o transmissor da dengue e da zika. (Foto: FABIO MOTTA/ESTADÃO)

Polícia Militar e a Secretaria de Ordem Publica (SEOP) fazem trabalho de prevenção na praia de Copacabana, na tentativa de acharem a faca usada contra a turista argentina que foi esfaqueada e morta na praia, crime que aconteceu por volta das 2h30 desta quarta-feira (17). (Foto: FABIO MOTTA/ESTADÃO)

Auxiliados por agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública, policiais militares tentam localizar a faca usada para matar uma turista argentina, assaltada em frente ao hotel Copacabana Palace, no bairro da zona sul do Rio, na madrugada de quarta-feira (17). Dois suspeitos foram presos. (Foto: FABIO MOTTA/ESTADÃO)

O Tenista Gustavo Kuerten (Guga) durante a coletiva de imprensa do Rio Open Air 2016, no Jockey Club da Gávea, zona sul da Cidade. Guga, o eterno ídolo e ex-número 1 do mundo, teve seu nome eternizado na Quadra Central do torneio. (Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO)

O tenista Gustavo Kuerten , o Guga, durante coletiva de imprensa promovida pelo Rio Open 2016, torneio de tênis promovido no Jockey Club, na Gávea (zona sul do Rio). O ídolo e ex-número 1 do mundo deu nome à quadra central, a principal usada no torneio. (Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO)

O vocalista Mick Jagger durante o show da banda inglesa Rolling Stones na noite do último sábado (20) no Estádio do Maracanã, zona norte da cidade. (Foto: FABIO MOTTA/ESTADÃO)

O vocalista Mick Jagger durante o show da banda inglesa Rolling Stones realizado na noite do último sábado (20) no estádio do Maracanã, na zona norte do Rio. (Foto: FABIO MOTTA/ESTADÃO)

Militares da Marinha participaram da procura e erradicação de criadouros do mosquito Aedes aegypti em Campo Grande, na zona oeste do Rio. (Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO)

Militares da Marinha participaram do mutirão para tentar localizar e erradicar criadouros do mosquito Aedes aegypti em Campo Grande, na zona oeste do Rio. (Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: