Inconformado com pênalti, Eduardo Cunha sugere CPI no Carioca
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Inconformado com pênalti, Eduardo Cunha sugere CPI no Carioca

Presidente da Câmara dos Deputados classifica penalidade no clássico como 'roubo' e ironiza Vasco: 'sempre é vice'

Marcio Dolzan

21 de abril de 2015 | 17h58

Dois dias depois de Gilberto marcar o gol da vitória do Vasco sobre o Flamengo, classificando o time cruzmaltino à final do Carioca, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), juntou-se nesta terça-feira (21)  ao coro dos rubro-negros inconformados com a derrota e o ostracismo da desclassificação. O gol foi marcado num pênalti duvidoso – um encontrão semelhante àqueles que recebemos no metrô lotado, quando há espaço para um encontrão -, mas foi levado  a sério pela arbitragem. Desde então, gera reclamações de flamenguistas, como  a irônica manifestação de Cunha pelo Twitter.

Reprodução/Twitter

Reprodução/Twitter

Assim como o pênalti não foi bem digerido por torcedores rubro-negros, o comentário de Cunha não desceu bem para boa parte dos seus seguidores na rede social. Alguns pinçaram palavras como “roubo” e “CPI” e responderam ao presidente da Câmara com uma conotação mais política.

Cunha, porém, insistiu no futebol:

Reprodução/Twitter

Reprodução/Twitter

Aí o twitter do deputado virou arquibancada. Das antigas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: