As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Marco Antonio Cabral é vaiado em campeonato de surfe na Barra

Secretário de Esportes e filho do ex-governador foi reconhecido e hostilizado pelo público que acompanhou vitória de Filipe Toledo

Redação

18 Maio 2015 | 15h25

O secretário estadual de Esportes, Lazer e Juventude do Rio, Marco Antônio Cabral, filho do ex-governador Sérgio Cabral Filho (PMDB), experimentou no domingo parte da impopularidade paterna. Ele foi vaiado por parte do público que acompanhara a vitória do brasileiro Filipe Toledo na etapa do Rio da Liga Mundial de Surfe, na praia da Barra da Tijuca. O jovem secretário foi uma das autoridades que subiram ao palco para cumprimentar o novo campeão, quando – até pela semelhança física – foi reconhecido.

“É o filho do Cabral!”, berrou um homem na primeira fila, puxando a vaia. Outros o acompanharam.

Algumas jovens ainda protestaram contra a vaia. “Não vaia, gente, é desrespeito com o Filipe”, pediram, aparentemente, sem reconhecer o secretário. Iniciante na política, o secretário, de 23 anos, teve sangue-frio. Não demonstrou se importar com os apupos. Apertou a mão do campeão sem reagir à hostilidade. Discreto como o pai, que evita lugares públicos desde que as manifestações de junho de 2013 erodiram a sua popularidade, Marco Cabral deixou o lugar rapidamente.

Mais conteúdo sobre:

Marco Antonio Cabralsurfevaia