Monobloco faz saideira do carnaval carioca
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Monobloco faz saideira do carnaval carioca

Sob sol forte, bloco comemora 15 anos com 500 mil de foliões

Idiana Tomazelli

22 de fevereiro de 2015 | 12h57

Sucessos do samba e da MPB fecham o carnaval (Foto: Marcos de Paula)

Sucessos do samba e da MPB fecham o carnaval (Foto: Marcos de Paula)

 

Fechando a maratona de blocos no carnaval, o Monobloco atrai uma multidão de foliões ao centro no Rio na manhã deste domingo para comemorar seus 15 anos. Mesmo sob forte calor – os termômetros marcam cerca de 35°C –, 500 mil pessoas acompanharam o trio elétrico e se espalharam pela Avenida Presidente Vargas, uma das principais vias da região, que está interditada nos dois sentidos.

Veja mais fotos do desfile do Monobloco neste domingo

Na voz dos cantores Pedro Luís, Fábio Allman, Renato Biguli, Alexandre Momo e Pedro Quental, clássicos da música popular brasileira como “Rio 40 Graus”, “Coisinha do Pai” e “Do Leme ao Pontal” já viraram samba. O repertório também inclui marchinhas antigas e até sambas-enredo que fizeram sucesso na Sapucaí, como o cantado pelo Salgueiro em 1993, cujo refrão traz o emblemático “Explode Coração”.

Na bateria, cerca de 160 ritmistas são responsáveis pela trilha sonora da comemoração pelos 15 anos do Monobloco, que tradicionalmente se apresenta no encerramento do carnaval. A concentração começou às 9h deste domingo, com foliões esbanjando criatividade em fantasias, incluindo índias sobre pernas-de-pau.

O itinerário foi alterado este ano, já que a Avenida Rio Branco, tradicional palco do desfile do Monobloco, está em obras. Além disso, duas estações de metrô foram fechadas: Uruguaiana e Presidente Vargas. A grande parte dos foliões que utiliza o metrô para chegar ao bloco pode descer nas estações Carioca ou Central.

Já no começo do desfile, ocorreram algumas confusões e tentativas de furto. De cima do trio elétrico e com uma visão privilegiada, os cantores já pararam a música pelo menos três vezes e apontaram o local onde estavam os responsáveis pelo tumulto.

Tudo o que sabemos sobre:

carnavalcentroMonobloco

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.