As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Paes nega que queira favorecer Portela no desfile deste ano

'Quem quiser falar besteira, fale à vontade', diz prefeito, que ne Escola de Madureira vai abordar os 450 anos da cidade

Roberta Pennafort

10 de fevereiro de 2015 | 13h10

testeira-carnaval2015

O prefeito Eduardo Paes (PMDB) respondeu às críticas que vem sofrendo por ter declarado que não sairá da prefeitura sem ver sua escola do coração, a Portela, campeã do carnaval.

“Se dependesse de mim, a Portela já seria hexacampeã, e o Vasco também. Só se eu fosse um operador muito incompetente (para tentar favorecer a escola de samba), porque perdi todas. Quem quiser suspeitar e falar uma besteira dessas, pode falar à vontade. É que esse ano a Portela está com pinta de campeã”, declarou Paes.

Nos bastidores das escolas de samba, têm sido mal vistas as declarações do prefeito sobre sua predileção pela escola azul e branca. A própria Portela já se posicionou na tentativa de afastar qualquer suspeita de manipulação do resultado do carnaval deste ano.

A escola é a única do Grupo Especial que trará como enredo os 450 anos do Rio. Segundo Paes, não há patrocínio especial por causa do enredo. No ano passado, chegou a ser aventada a possibilidade de todas as escolas falarem do 450 anos, a exemplo do que aconteceu nos 400 anos do Rio, em 1965. Paes informou que a ideia logo foi descartada porque o desfile se tornaria monótono.

Tudo o que sabemos sobre:

carnavalfavorecimentoPaesPortela

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.