As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Reduto de foliões, Lapa terá policiamento reforçado no carnaval

A partir de sexta-feira, principal bairro boêmio terá agentes a pé e de bicicleta para reprimir ladrões, traficantes e drogados

Sergio Torres

12 de fevereiro de 2015 | 16h00

testeira-carnaval2015

A Secretaria de Governo do Estado do Rio aumentará em 30% o efetivo da Operação Lapa Presente (OLP) durante o carnaval. O reforço no policiamento começará amanhã (sexta-feira, 13) e vai até a quarta-feira de cinzas (18).

Segundo o governo, serão 180 agentes para fazer o patrulhamento a pé e de bicicleta pelas ruas da Lapa (bairro boêmio na região central carioca), com o objetivo de reprimir assaltos, uso e venda de drogas.

O coordenador da OLP, Edson Soeiro, disse que o Estado tem que “garantir o direito de ir e vir de todos os que frequentam a Lapa, ainda mais nesta época do ano, em que a região recebe muitos cariocas e turistas”.

Soares falou ainda, por meio de comunicado oficial da Secretaria de Governo, da necessidade de remover os moradores das ruas da Lapa.

“Já ultrapassamos a marca de 12 mil acolhimentos de população de rua, uma das grandes demandas daquela região”, falou

Oito órgãos do governo estadual e da Prefeitura do Rio atuam na OLP: Secretaria de Estado de Governo, Polícia Militar(PM), Guarda Municipal, secretarias municipais de Ordem Pública, de Assistência Social, de Conservação e de Transportes e Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb).

O programa Disque Lapa Presente estará de plantão no Carnaval, todos os dias entre 21h30 e 5h30. Os telefones para atendimento e  denúncias são (21) 97954-2424 e 97954-2525.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

carnavalLapasegurança

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.