Rio, uma cidade inspiradora para o cinema
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Rio, uma cidade inspiradora para o cinema

Arquivo Geral da Cidade exibe gratuitamente filmes que enfocam as belezas, o povo e as manifestações culturais cariocas

Roberta Pennafort

05 de junho de 2015 | 16h39

testeira-rio450

O Rio sempre inspirou o cinema. Em seus 450 anos, a cidade é homenageada e discutida numa mostra de filmes que põem no foco suas belezas e contradições, sua cultura e seu povo. Gratuitamente, o Arquivo Geral da Cidade do Rio exibe até dezembro em seu auditório, sempre às 14 horas, o Cineclube Rio: 450 anos de cinema. São duas quartas-feiras por mês, e as sessões são seguidas de debates com professores das áreas de história, antropologia e cinema da Universidade Federal Fluminense (UFF), parceira no projeto.

 

"Rio, Zona Norte", de Nelson Pereira dos Santos, será exibido dia 17 (Foto: Divulgação)

Protagonizado por Grande Otelo, “Rio, Zona Norte”, de Nelson Pereira dos Santos, será exibido no próximo dia 17 (Foto: Divulgação)

 

Anteontem, o filme foi Madame Satã (2002), de Karim Aïnouz, que se passa na Lapa da primeira metade do século 20. O próximo, dia 17, será Rio, Zona Norte (1957), de Nelson Pereira dos Santos, que tem como protagonista um sambista. O debate, sobre os movimentos musicais aos quais a cidade assistiu e assiste, será com o professor Daniel Caetano.

A programação do Cineclube até aqui incluiu filmes de alcance pequeno de público, como O Uivo da Gaita (2013), de Bruno Safadi, que se passa em locações como o porto e a Casa das Canoas, projeto de Oscar Niemeyer, e clássicos, caso de Orfeu Negro (1959), de Marcel Camus, que ganhou o Oscar de filme estrangeiro de 1960.

“Vimos que a relação do Rio com o cinema seria um tema pouco explorado nas comemorações dos 450 anos e tivemos essa ideia”, diz a diretora do Arquivo, a historiadora Beatriz Kushnir, lembrando que a casa tem documentos datados desde a fundação da cidade. Ao fim do ciclo, os debates serão publicados em livro.

O Cineclube terá recesso em julho. A lista de filmes de agosto a dezembro será divulgada em breve. Mais informações na página do Arquivo: http://www.rio.rj.gov.br/web/arquivogeral

 

Cineclube Rio: 450 anos de cinema

Auditório do Arquivo Geral da Cidade, à Rua Amoroso Lima 15, Cidade Nova.

Horário: das 14 horas às 18 horas

Inscrições pelo e-mail: arquivog@pcrj.rj.gov.br/ assunto: Cineclube

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.