Branco passa prata na preferência dos motoristas

Branco passa prata na preferência dos motoristas

Gabriel Pinheiro

07 Outubro 2011 | 11h17

Engana-se quem pensa que carro branco é apenas sinônimo de táxi em São Paulo. Depois de uma década em primeiro lugar na preferência dos motoristas, o prata perdeu espaço para o branco. É o que aponta pesquisa da fabricante de tintas PPG Industries. 21% dos veículos produzidos ao longo deste ano foram na cor branca. Preto e prata aparecem empatados em segundo lugar, com 20%, informa a revista Quatro Rodas.

Em reportagem do Estadão publicada em agosto, especialistas avaliaram que a cor alude ao futuro, à ecologia, ao politicamente correto. O branco do veículo seria um sinal de engajamento em um mundo poluído.

“A gente não pode esquecer que o branco reflete o calor, não o absorve, como o preto”, diz a gerente de cores e acabamentos da GM, Cristina Belatto. Isso é vendido como fator positivo em um momento de aquecimento do planeta.

Na América do Norte e Ásia, o carro branco também aparece entre os preferidos dos motoristas. Você compraria um?

Mais conteúdo sobre:

CarrosQuatro Rodas