E se você acordasse cada dia em um corpo diferente? Websérie colaborativa conta essa história

Gabriel Pinheiro

16 Outubro 2013 | 15h22

Já imaginou como seria a sua vida se a cada dia você acordasse em um corpo diferente? Não se trata de uma barriguinha maior ou um cabelo mais enrolado. A questão é acordar na segunda-feira se olhar no espelho e ver uma mulher loira de 30 anos; na terça-feira, um senhor grisalho com seus 67 anos; na quarta-feira, quem sabe, uma criança de 12 anos. Como seria sua vida se todos os dias de manhã você tivesse um corpo totalmente diferente do que teve no dia anterior? É essa a reflexão que a Intel provoca com a websérie colaborativa ‘The Beauty Inside’ (A beleza interior).

A narrativa aborda o dia a dia de Alex, o cara que acorda em um corpo totalmente diferente a cada manhã, e conta com a contribuição dos internautas para responder a principal problemática da história: como manter um relacionamento amoroso se ele sempre está diferente por fora?

A iniciativa da Intel é uma bela prova do que boa curadoria e conteúdo colaborativo podem criar. É aí que as mídias sociais provam que podem sim estar a serviço da inteligência coletiva.

É uma pena, mas esse filme social não está mais recebendo vídeos. O novo projeto da Intel é o ‘The Power Inside’. Desta vez, o internauta é convidado a salvar a Terra de uma raça alienígena que se parece com grandes bigodes que tomam o rosto das pessoas para controlar suas mentes. / GABRIELA MARÇAL