‘Lei antibaixaria’ é aprovada na Bahia; projeto limita músicas contra violência

‘Lei antibaixaria’ é aprovada na Bahia; projeto limita músicas contra violência

Gabriel Pinheiro

28 Março 2012 | 16h38

Foto: Reprodução/DVD Black Style

O projeto de lei (PL) 19.237/11 foi aprovado ontem pela Assembleia Legislativa da Bahia. Conhecido como a “Lei Antibaixaria”, o texto proíbe que eventos públicos, financiados pelo governo, contratem artistas que “desvalorizem, incentivem a violência ou exponham as mulheres à situação de constrangimento” em suas músicas. Homossexuais também são mencionados como sujeitos de violência nas canções.

A deputada Luiza Maia (PT), autora da ação, avisou no fim da sessão que enviará um “kit antibaixaria” para os 417 prefeitos e presidentes de Câmara do estado. A aprovação do projeto foi comemorada com uma apresentação da banda “A Mulherada” no plenário. A “Lei Antibaixaria” ainda precisa ser aprovada pelo governador Jaques Wagner (PT) para entrar em vigor.

Uma das músicas citadas pela deputada se chama ‘Late’, da banda Black Style:  “são letras que estão sempre rebaixando a mulher”, defendeu. Ouça-a no vídeo abaixo:

 

(Via Folha e Ne10)