Loja cobra de clientes que só olham e não compram

Loja cobra de clientes que só olham e não compram

Rodrigo Martins

26 Março 2013 | 22h47

 

Aquela velha frase de “só estou olhando” não funciona na loja Celiac Supplies, que fica no subúrbio da cidade de Brisbane, na Austrália. O local decidiu cobrar US$ 5 de cada cliente que entra e não compra nada.

A dona da loja de comidas reclama que as pessoas vêm para pedir informações sobre os produtos e saem para comprá-los em outros lugares, como supermercados e lojas online, onde muitas vezes podem ou não ser encontrados mais baratos.

“Eu não estou aqui para dar serviço de caridade para grandes supermercados ganharem mais dinheiro”, diz a dona, Georgina, que não quis informar seu sobrenome à agência Australian Associated Press. “Eu tenho trabalhado muito e não sou paga.”

Segundo ela, isso afastou alguns clientes, mas outros acharam a atitude simpática. O valor de US$ 5 é ressarcido se o cliente comprar algo.

 

Mais conteúdo sobre:

Austrálialoja