Morte de Steve Jobs gera 858 mil tuítes em uma hora

Morte de Steve Jobs gera 858 mil tuítes em uma hora

Rodrigo Martins

05 Outubro 2011 | 22h49

Tatiana Gerasimenko e Rodrigo Martins

A internet prestou tributo a um dos maiores gênios da tecnologia de nosso tempo. Steve Jobs morreu nesta quarta-feira à noite. E o Twitter, a ferramenta mais rápida quando se trata de espalhar notícias, parou. Literalmente. Em uma hora, nada menos que 858 mil tuítes foram feitos com o termo “Steve Jobs”. A rede de microblogging não aguentou. Caiu ou ficou instável em grande parte do tempo.

Nos Trending Topics, a lista de termos mais falados na rede, seis dos dez assuntos mais comentados eram sobre Steve Jobs, mesmo mais de uma hora após o anúncio oficial do falecimento. Os tuiteiros prestavam condolências, relembravam a ligação do executivo com a Universidade de Standford e a Pixar, estúdio hoje ligado à Disney, que revolucionou a animação no cinema.

Famosos e anônimos usaram Twitter e também o Facebook para deixar suas mensagens. O presidente dos EUA, Barack Obama, foi rápido para mostrar luto. Pelo Twitter, deixou a mensagem “Descanse em paz, Steve Jobs. De todos nós, obrigado pelo trabalho que você tornou possível todos os dias – inclusive o nosso”.

Bill Gates, cofundador da Microsoft e concorrente direto de Steve Jobs, também se manifestou: “Para aqueles de nós que tiveram a sorte de trabalhar com Steve, foi uma incrível honra. Sentirei falta de Steve imensamente”. Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook, deixou a mensagem “Steve, obrigado por ter sido um mentor e um amigo. Obrigado por mostrar que o você constrói pode mudar o mundo. Vou sentir a sua falta”.

Os fundadores do Google também lamentaram a morte de Steve Jobs pelas redes sociais, só que via Google+. “Ele era um grande homem, com conquistas incríveis e inteligência maravilhosa. Ele sempre pareceu capaz de dizer em muito poucas palavras o que você deveria estar pensando antes de tê-lo pensado”, postou  Larry Page. “Em nome de todos no Google e, de forma mais abrangente, na tecnologia, sua falta será muito sentida. Minhas condolências à família, aos amigos e colegas na Apple”, completou Sergey Brin.

Mas é a legião de admiradores anônima, formada por muitos usuários de iPhones e outras tecnologias desenvolvidas pela Apple, que faz ecoar o nome de Steve Jobs na rede:

@lp2u
Morre um ícone que, assim como Bill Gates ou Linus Torvalds, fizeram história no nosso mundo techno-nerd-geek do dia a dia. #RIPSteveJobs

@JRBuzaid
Todos com gadgets Apple …desligue-os por 1 minuto. #RIPSteveJobs

@mokarzel
E lá se foi uma das grandes mentes da nossa era. Um gênio que revolucionou a forma como o ser humano se comunica. Valeu Jobs #RIPsteveJobs

@saulo_prado
É estranha a sensação de não acreditar que alguém possa ter morrido. Parece ser alguém da família ou alguém próximo #RIPSteveJobs

@daniyyelfelipe
Pela Primeira Vez em mais de 1 ano ….. eu vou desligar meu iPod voluntariamente por alguns dias .. em LUTO ! =/ #RIPSteveJobs

Mais conteúdo sobre:

AppleFacebookGoogleObamaSteve Jobs