Radiação do celular provoca déficit de atenção, aponta estudo

Radiação do celular provoca déficit de atenção, aponta estudo

Gabriel Pinheiro

20 Março 2012 | 18h38

Foto: Reprodução

Um estudo da universidade de Yale faz um alerta a mulheres grávidas: cuidado com o uso do telefone celular durante a gravidez. Os cientistas observaram o efeito das radiações do aparelho duas ratas grávidas, uma livre das radiações e a outra não. A que foi exposta aos efeitos do telefone desenvolveu um filho que tinha mais problemas de memória e era mais hiperativo.

A  radiação nos fetos pode causar o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade porque afeta, durante o desenvolvimento, as áreas do cérebro que provocam hiperatividade e desatenção. Dr. Hugh S. Taylor, autor do estudo, afirmou que essa foi a primeira pesquisa que liga os efeitos da radiação a transtornos psíquicos no crescimento de fetos.

(Via Mashable)