TRAPALHÕES: Zacarias faria 79 anos hoje e deve ganhar museu em MG

TRAPALHÕES: Zacarias faria 79 anos hoje e deve ganhar museu em MG

Rodrigo Martins

18 de janeiro de 2013 | 21h06

O nome dele era Mauro Faccio Gonçalves. Mas todo mundo o comhecia como Zacarias mesmo. Se estivesse vivo, o humorista de Os Trapalhões, que morreu há 23 anos, faria 79 anos nesta sexta-feira, dia 18.

Agora, com a proximidade dos 80 anos do artista, sua cidade natal, Sete Lagoas, em Minas Gerais, promete inaugurar um memorial em homenagem ao morador ilustre. “O Zacarias é o embaixador da cidade até hoje. Temos o desejo de fazer um memorial à altura dele e da cultura brasileira. É um compromisso não só da prefeitura, mas de toda a sociedade sete-lagoana. Acho que devemos isso a ele”, conta o secretário de Cultura, Márcio Vicente, ao Diário de Pernambuco.

A família, entretanto, vê com desconfiança. “Desde que ele morreu, há 23 anos, prometem várias coisas, como museu e comenda Zacarias. Mas as coisas nunca saíram do papel. Tem muito pouca coisa na cidade. A gente ainda espera algum reconhecimento, porque ele merece”, afirma a irmã Marly Faccio Gonçalves Diniz, de 68 anos.

Atualmente, vários dos pertences de Zacarias estão na cidade, mas na falta de um lugar apropriado, roupas, fotos, discos e até suas famosas perucas estão em uma salinha pequena. “Ainda temos mais coisas guardadas, mas não cabem aqui. Essa sala não é o espaço ideal, mas é para que a imagem dele não seja esquecida. Os pais costumam trazer seus filhos para que lembrem um pouco do ídolo da infância. Apesar de ele não ser a celebridade de Sete Lagoas mais em evidência no momento, como a Paula Fernandes ou o Franck Caldeira, o Zacarias é inesquecível”, diz diretor, Leandro Lupiano.

Tudo o que sabemos sobre:

Diário de PernambucoOs Trapalhões

Tendências: