“Foi mal, tio!”

Tutty Vasques

28 de agosto de 2011 | 10h38

Bruno Senna fez o que pode para acabar o GP da Bélgica atrás do Rubinho Barrichello.

Não deu!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: