“Graças a Deus!”

Tutty Vasques

31 de julho de 2011 | 19h24

Jair Bolsonaro respirou aliviado!

No manifesto deixado por Anders Behring Breivik, o atirador norueguês não faz qualquer elogio às ideias do deputado.

A mesma sorte não teve o primeiro-ministro russo Vladimir Putin.

Tendências: