2012: o ano dos feriadões!

Tutty Vasques

23 de dezembro de 2011 | 20h03

ilustração pojucanNão chega a ser nenhuma grande vantagem, mas pelo menos numa coisa 2012 será, decerto, muito melhor: em matéria de feriadão, convenhamos, é praticamente impossível ser pior que este ano que termina sem um mísero diazinho extra de folga entre o Natal e o Réveillon. Quase nada, além do 1º de abril, caiu numa sexta-feira em 2011.

Em 2012, tudo vai ser diferente: afora as paradas óbvias para o Carnaval, Paixão de Cristo e Corpus Christi, o brasileiro poderá aproveitar o Dia do Trabalho (terça-feira), mais o da Independência (sexta-feira), de Nossa Senhora Aparecida (sexta), de Finados (sexta), da Proclamação da República (quinta-feira) e, se sobrevivermos ao fim do mundo de 21/12 – que, por sinal, também cai numa sexta –, teremos ainda Natal e Réveillon com direito a fins de semanas esticados até terça-feira.

Não é nada, não é nada, achei de bom tom vir aqui adiantar a primeira boa notícia de 2012, antes que o baixo astral das retrospectivas de 2011 desautorize qualquer previsão otimista dos tempos. Boas festas a todos!