A Bem Loura do Imperador!

A Bem Loura do Imperador!

Tutty Vasques

14 de março de 2010 | 09h27

ILUSTRAÇÃO POJUCAN

ILUSTRAÇÃO POJUCAN

Ao sair em defesa de Adriano dizendo que todo jogador de futebol bebe – “Você conhece algum que não beba?!” -, o médico da Seleção Brasileira ajudou a derrubar o mito de que, no Brasil, só quem toma umas e outras é o presidente da República. O renomado doutor Runco foi categórico em entrevista coletiva: se, além do exame antidoping, nossos craques fossem submetidos com frequência ao teste do bafômetro, o esporte bretão estaria com os dias contados não só aqui, mas em todo mundo. “Que jogador não bebe?” Sempre ouvi dizer que, no seu tempo, o Romário só tomava guaraná até em boates, mas não dá para discutir com um profissional de saúde que conhece de perto muito mais jogadores que todos nós juntos.

A reportagem não aproveitou a deixa para perguntar ao dr. Runco se é por isso que o Kaká não está jogando nada no Real Madrid, mas, a julgar por seu testemunho clínico no tribunal do Imperador – “O álcool não interfere em nada” no rendimento do atacante em campo -, jogar bola não é como dirigir automóveis. Se depender do médico, Adriano não perderá pontos na carteira de atleta. Seu desastre pessoal não teria nada a ver com a birita que todos entornam fora do expediente de trabalho. Donde se conclui que, se o problema não é o que ele bebe, só pode ser o que ele namora. No final, vão acabar culpando a Bem Loura do cara pelo barraco, repara só! De vez em quando, fazem o mesmo com a dona Mariza!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: