A estrela sobe

Tutty Vasques

24 de setembro de 2009 | 11h56

Rubinho Barrichello tem um motivo especial para conquistar o GP de Cingapura:

Quer dedicar a vitória aos 50 anos da Hortência, a primeira a enxergar a estrela do piloto, quando ela ainda não lhe havia subido à cabeça.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.