A mesma irreverência

Tutty Vasques

25 de agosto de 2010 | 00h03

Homossexuais cariocas não estão achando a menor graça no movimento “Humor Sem censura”, lançado no domingo passado, em Copacabana.

Temem que, se a passeata de humoristas entrar para o calendário oficial da cidade, o protesto acabe esvaziando a Parada Gay do ano que vem.

Duvidam que haja público para os dois eventos na mesma praia.

Será?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.