A ONU do futebol

Tutty Vasques

03 de julho de 2010 | 11h05

reprodução

reprodução

A julgar pelo tom das advertências, a Fifa pode invadir a Nigéria a qualquer momento, se o governo do país africano não recuar da intervenção na seleção eliminada na Copa.

Nem a ONU fala tão grosso com o Irã!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.