A quem interessa?

Tutty Vasques

28 Junho 2013 | 12h46

reproduçãoFabricantes de bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral podem estar financiando a chamada “minoria de baderneiros”.

O setor está faturando alto com as encomendas emergenciais da PM.