A reinvenção do agente secreto

Tutty Vasques

01 de outubro de 2007 | 14h59

O Itamaraty mantém em sigilo o nome do diplomata que viajou para Mônaco nesta segunda-feira levando o pedido de extradição de Salvatore Cacciola.

Julgou que não nos interessa saber quem é.

Parece que, dessa vez, nem o Lula sabe.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: