A vida como ela não é!

Tutty Vasques

01 Outubro 2011 | 06h20

reproduçãoPor mais sem sentido que seja a vida de celebridade, certas coisas na biografia da Gretchen que se escreve no noticiário não resistem a uma simples conferência de datas.

Como pode alguém que no dia 12 de julho internou-se numa clínica de SP para turbinar bumbum e seios no embalo de uma lipoaspiração de barriga reaparecer esta semana no Facebook trabalhando de garçonete num café de Orlando (EUA)?

Diz ela que não se envergonha disso – provavelmente nem daquilo –, coisa que em nenhuma circunstância vem aqui ao caso.

O fato é que, em sã consciência, ninguém recorre à cirurgia plástica para servir hambúrguer numa lanchonete qualquer da chamada “Flórida profunda”.

Seguindo as pegadas que deixou no Google, descobre-se que, entre o pós-operatório e o bico de trabalho na vizinhança da Disney, a rainha do rebolado se apaixonou, se casou e se separou de um chef de cozinha conhecido como Fernandez.

Para a irmã – a cantora Sula Miranda –, Gretchen disse que foi morar nos EUA para “fugir do assédio e ter uma vida normal”.

Pense nisso antes de sair por aí reclamando da própria rotina. Melhor a vida como ela é!

(Após o fechamento deste texto, veio o esclarecimento da artista na web: Gretchen só posou de garçonete para promover a lanchonete de um amigo em Orlando. Ah, bom!)