Advinha quem arrombou o PV!

Tutty Vasques

21 de setembro de 2010 | 06h05

É coisa de aloprado, só pode ser! Quem mais roubaria as fitas de gravação dos programas do horário eleitoral do PV em São Paulo? Não foi só o que furtaram da sede do diretório estadual do partido, na Vila Mariana, mas qualquer investigação séria a respeito precisa começar por aí: com que intuito alguém surrupiaria a propaganda política do Fábio Feldmann, meu Deus do céu? Se apertar um aloprado desses, ele conta tudo!

Será que, na pressa, trocaram o endereço e erraram de partido, caramba? Dar sumiço no programa de TV do tucano Geraldo Alckmin seria lambança mais ao estilo dessa turma. Tem gente no PV dizendo que os ladrões “estavam interessados em dados estratégicos da campanha”. Não ri, não! Imagina só o barulho político que o assunto faria nos jornais se tivessem arrombado a sede do PSDB paulista. Cairiam – mole, mole – mais três ou quatro parentes da Erenice.

Como a ação foi contra os ‘verdes’, virou piada até no Palácio do Planalto, onde notícia ruim não costuma ter graça nenhuma. Comentava-se ontem por lá que os programas de TV roubados do PV serão lançados em cópias piratas junto com Tropa de Elite 2. Pode?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.