Agora vai!

Agora vai!

Tutty Vasques

28 Julho 2009 | 02h43

ilustração pojucan

O presidente Raúl Castro saiu do armário da Guerra Fria para dar um sacode nos cubanos:

“Não podemos nos limitar a gritar pátria ou morte, abaixo o imperialismo ou a dizer que o embargo nos derruba.”

Ou seja, “esqueçam o que meu irmão dizia.”