Agora vai!

Tutty Vasques

17 de maio de 2011 | 11h33

Depois da implosão frustrada do estádio de Brasília, comenta-se no Eixo Monumental que a única coisa capaz de derrubar o Mané Garrincha é a cachaça.

Restará ainda ao governo do Distrito Federal o recurso extremo de abrir concorrência para homem-bomba.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: